ICCON
Concórdia/SC
49 . 3442 3260
49 . 9 9960 5000
INCUTIS
Chapecó/SC
49 . 3316 3858
49 . 9 9806 6060
Xanxerê/SC
49 . 3433 9470

INFORMATIVOS



PERNAS BONITAS É POSSIVEL!


30/09/2016 - Cirurgia Vascular

CLACS: Crio Laser + Crio Escleroterapia
Tratamento realizado em menor tempo e com resultados duradouros

Falar em doença venosa é falar de uma doença que vem crescendo e afetando cada vez mais pessoas no mundo. Considerada a sétima patologia crônica mais frequente, com uma grande demanda para os serviços de saúde devido aos problemas estéticos, às limitações de atividades e sofrimento que impõem aos pacientes.

Nos países ocidentais a incidência é maior que 20%, aumentando com a idade, podendo chegar a 80% em uma população com idade média de 60 anos. A doença varicosa resulta de uma alteração estrutural do sistema venoso dos membros inferiores, onde as veias perdem a função de transportar o sangue venoso, já usado, para o coração, resultando no aparecimento de varizes. Esta doença acomete principalmente mulheres na faixa etária dos 30 aos 50 anos.

As varizes, desde as pequenas telangiectasias (microvarizes vermelhas e roxas) até as colaterais mais calibrosas (esverdeadas e salientes), representam um problema estético para aqueles que desejam expor as pernas.

Mas assim como a doença vem aumentando, o tratamento desses pacientes também evoluiu e hoje contribui e muito para a qualidade de vida deles, tanto sintomáticos como estéticos.

Confira a entrevista completa com o Cirurgião Vascular, Dr. Amilton Perotti Junior, sobre um tratamento que vem sendo realizado em menor tempo, com resultados muito mais duradouros.

Em Foco Saúde: Quais as técnicas mais utilizadas atualmente para tratar as varizes?
Dr. Amilton: Existem basicamente duas técnicas, o tratamento cirúrgico e o tratamento ambulatorial, no tratamento cirúrgico destacamos a técnica convencional e a termoablação e no ambulatorial o CLACS.

Em Foco Saúde: Mas o que é termoablação?
Dr. Amilton: Termoablação é uma técnica onde se utiliza o endolaser e tanto o resultado estético quanto funcional se equivale à cirurgia, no entanto, com uma recuperação mais rápida e menos dolorosa. Este tratamento já vem sendo realizado no Instituto da Circulação Concórdia há mais de 03 anos e os resultados tem sido surpreendentes.

Em Foco Saúde: E como funciona o tratamento estético dos vasinhos?
Dr. Amilton: Existem várias técnicas para tratar as telangectasias, popularmente conhecidas como “vasinhos”, a mais moderna é o CLACs, uma técnica desenvolvida pelo Cirurgião Vascular brasileiro Dr. Kasuo Miyake, que utiliza o laser transdérrmico guiado por realidade aumentada e complementado com a escleroterapia, utilizando o resfriamento de pele.

Em Foco Saúde: Qualquer pessoa que tenha vasinhos pode fazer o CLACs?
Dr. Amilton: O tratamento deve ser individualizado de acordo com cada paciente, os pacientes elegíveis para Clacs são aqueles que não possuem doença de safena (refluxo), e que tenham telangectasias (vasinhos) complexos, ou seja, vasinhos que possuem veia nutridora, conforme imagem abaixo. (foto da perna com a veia)

Em Foco Saúde: São necessárias muitas sessões e qual o custo?
Dr. Amilton: A sessão de CLACS é rápida, com pouca dor e na maioria das vezes apenas uma sessão já é o suficiente para obter um bom resultado. Quanto ao custo varia de acordo com a necessidade de disparos de laser no local. Lembrando que a escleroterapia sempre é utilizada em complemento ao laser.

Em Foco Saúde: E quais são os cuidados que o paciente deve ter ao realizar o CLACS?
O mais importante é a utilização de meias elástica de compressão por pelo menos três dias, e após, evitar exposição solar até a regressão dos hematomas.


Esta técnica já vem sendo realizada no Instituto da Circulação Concórdia desde 2013, e conforme orientação da Sociedade Brasileira de Cirurgia Vascular este procedimento somente pode ser realizado por médico cirurgião vascular. “O CLACS é o divisor de águas na flebologia estética, esta técnica possibilita oferecer ao paciente um tratamento menos invasivo, menos doloroso, com rápida recuperação e com necessidade de menos sessões, investir em tecnologia é fundamental”, destaca Dr. Amilton.


Amilton Perotti Júnior
Cirurgião Vascular atua no Instituto da Circulação Concórdia desde 2012.
Para mais informações entre em contato 3442.3260 ou 9960.5000.

Fonte: Assessoria de Comunicação e Mídias Digitais






PROFISSIONAIS


Dr. Amilton Perotti Junior
Cirurgia Vascular
CREMESC 13109 / RQE 9721


Dr. André Luiz Loureiro De Mattos Filho
Cirurgia Plástica
CRM-SC 22307 / RQE 20540


Dra. Cristiane Port Perotti
Fisioterapia Dermatofuncional
CREFITO 65738-F


INSTITUCIONAL
Sobre Nós

ATENDIMENTO
Segunda à sexta das 08h às 11h45 e das 13h30 às 18h